“Rapport” consiste na percepção do modelo de comunicação que as pessoas tem com o mundo. É quando duas pessoas ou mais espelham seu comportamento verbal e não-verbal, contribuindo com o estabelecimento de contato e maior nível de compreensão.

Conduzir reuniões, treinamentos, palestras, relacionamentos, vendas, exige percepção. Como você irá entender a necessidade do seu cliente se você não o percebe? Você já percebeu como fica a sua fisiologia quando inserido em um diálogo de concordância? Sim, freqüência da respiração, posição de mãos, pernas. E o contrário, quando há discordância, você já se percebeu?

A fisiologia, o corpo dá sinais de que sua mensagem está sendo bem transmitida ou não. Um bom “Rapport” consiste na atenção a detalhes na comunicação do receptor de sua mensagem. Você tem por hábito estar em “Rapport” com seus clientes? No diálogo com seu cliente, comece a observar a posição das mãos, freqüência em que se prevalece de gestos para expôr idéias, posição de braços, pernas, pescoço, olhar, sobrancelhas, freqüência da respiração, qualidade vocal, palavras processuais, fala, de forma natural comece a espelhar estes comportamentos e surpreenda-se com o andamento desta conversa.

A percepção é a chave para a construção e aumento de resultados pessoais e profissionais. Como você irá motivar seu funcionário, se você não o conhece? Não precisa procurar as respostas no outro. Como você conseguirá liderar um time se você não sabe o que te motiva? Comece a se perceber. O que te chama atenção é o que naturalmente te remete a solução? Ou o que te chama atenção é o que te dispersa? Olhar com o sentido de ter atenção a detalhes, notar referências é o que fará a diferença nos seus resultados.

Ao se colocar na posição de observador, sinta-se privilegiado de ter tempo para olhar, planejar, testar e colocar em prática. Quantas vezes antes de você expôr suas idéias a um grupo você testa o quão eficaz será a transmissão de determinado conteúdo? Você está atento(a) ao o que seu público espera ouvir de você? As pessoas têm uma tendência natural de ouvir o que interessa a elas, portanto se falar algo que interesse exclusivamente a você não terá êxito nesta explanação.

Comece agora mesmo a fazer um bom “Rapport” e identifique como sua equipe e demais relacionamentos se expressam. Dentro da comunicação de cada uma destas pessoas, o que esperam de você? Boa prática, Bom “Rapport” e Boa Semana.